A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mais conhecida como “carteira de motorista”, é um documento oficial que testa as habilidades de um cidadão em conduzir veículos, sendo obrigatório à qualquer pessoa que esteja dirigindo um veículo possuir este documento.

A Carteira de Habilitação contém os principais números e nomes do condutor, entre outras informações, podendo no Brasil ser usada como identidade.

E uma inovação chegou para quem possui a carteira de motorista. Agora, não é mais necessário andar com o documento na carteira. O Governo Federal lançou uma versão da CNH que pode ser apresentada de forma digital, com as mesmas informações e validade do formato impresso em território nacional.

A CNH-e funciona por meio de um aplicativo para celular, que está disponível tanto para os sistemas Android e iOS, e é acessível também offline, isto é, sem a necessidade de o smartphone estar conectado a dados móveis habilitados ou a uma rede Wi-Fi.

Quer saber como baixar o aplicativo da CNH Digital e como ele funciona? Então, continue lendo esse artigo!

CNH Digital: como funciona?

Desde fevereiro de 2018, a CNH Digital está disponível em todo território brasileiro. Porém, a utilização do novo método foi bem mais abaixo do esperado, chegando a apenas 600 mil pessoas (número bem pequeno, levando em consideração a população brasileira total), devido à burocracia que é para solicitar a versão eletrônica do documento.

Por conta disso, em dezembro do mesmo ano, o Ministério das Cidades permitiu que aqueles que já possuem a carteira de motorista com o QR Code solicitassem a CNH-e sem a necessidade de ir ao Detran ou obter o certificado digital. Desta forma, ficou menos burocrático obter a CNH Digital.

De acordo com dados coletados, cerca de 26 milhões de brasileiros já utilizam a inovação. A ideia começou a aplicada na metade de 2017 e estima-se que a CNH Digital seja adotada por completo nos próximos anos.

Segundo o ministro das Cidades, o objetivo da digitalização da carteira de motorista é dispensar a necessidade de imprimir o papel, o que, além de ser uma forma mais sustentável, é inovadora e tecnológica.

Algumas dúvidas frequentes ocorrem a respeito da nova modalidade, entre elas, o valor do documento digital. De acordo com o Denatran, o valor da CNH Digital fica encarregado ao Detran de cada região.

O departamento é quem determina os valores, sendo que estes podem variar de cidade para cidade. Para consultar valores em sua cidade, basta entrar em contato com o órgão responsável, no caso, o Detran.

Vantagens

Além de toda a questão sustentável e a praticidade em portar um documento digital, a CNH Digital auxilia em caso de perda do documento.

Em caso de roubo do celular, também é possível emitir outra via digital sem muita burocracia ou utilizar a via física tradicional. A medida gerou uma nova fonte de economia tanto para o consumidor quanto para os órgãos públicos.

Como emitir a CNH digital

Para ativar a chamada CNH Digital, você precisará ter a última versão do documento impresso, isto é, com QR Code, que foram emitidas a partir de maio de 2017. Esta nova modalidade está disponível para iOS e Android.

Caso o motorista não possua o QR Code, deverá solicitar a segunda via ou renovação do documento no Detran da região onde mora para, só então, pedir a CNH Digital. Também é possível solicitar a CNH-e através de um certificado digital.

Porém, o processo de solicitação pelo certificado digital é bastante burocrático, pois só uma empresa certificadora pode fornecer este certificado e o valor do documento é, em média, de R$ 160.

Com a carteira de habilitação com o devido QR Code em mãos, basta se cadastrar no site do Denatran. Para isso, basta seguir o passo a passo:

  • Passo 1: Entre no site do Denatran.
  • Passo 2: No menu esquerdo, clique em “Cadastro”.
  • Passo 3: Preencha todos os dados solicitados.
  • Passo 4: Em seguida, você receberá um link de ativação de cadastro no e-mail informado.
  • Passo 5: Vá até o seu e-mail e ative o link, seguindo as orientações.
  • Passo 6: Feito isso, dirija-se até o Detran da sua cidade, onde você emitiu a CNH impressa, para validar os seus dados. No caso de quem optou pelo certificado digital, pode-se fazer todo o processo online.
  • Passo 7: Agora, o próximo passo é baixar o aplicativo da CNH Digital, chamado CDT (Carteira Digital de Trânsito). Atenção! Cuidado com os aplicativos falsos!
  • Passo 8: É possível baixar o aplicativo pela Google Play (Android) ou Apple Store (iOS).
  • Passo 9: Após concluir o download do aplicativo, basta colocar o código de ativação que o Denatran enviará por e-mail. Será feita uma espécie de prova de vida, que consiste em uma identificação biométrica facial, para evitar que ocorra fraudes durante o processo.
  • Passo 10: Em seguida, o usuário deverá colocar o número do celular e, também, registrar uma senha de quatro dígitos. Toda vez que o usuário desejar acessar a carteira de motorista pelo aplicativo, deverá colocar a senha criada, independente de estar com internet ou não. Todo o procedimento é acompanhado pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a fim de proporcionar mais segurança ao usuário.

Lembrando que a internet é dispensável na CNH digital, sendo necessária somente no primeiro acesso. Depois disso, o usuário poderá acessar o documento offline.

É bom estar atento e deixar a bateria do celular sempre carregada quando for utilizar a CNH Digital, pois, se o celular estiver descarregado e o motorista não tiver com a carteira impressa, será cometida uma infração e o motorista ainda levará alguns pontos na carteira.

CRLV Digital

Agora, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) também é de forma digital. A expectativa é de que logo ele seja liberado em todo o território nacional.

Atualmente, apenas alguns estados dispõem deste benefício, entre eles: Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, Distrito Federal, Ceará e Sergipe. Todas estas inovações de documentos de forma digital facilitam muito a vida da população brasileira.

Inclusive, a ideia é evitar um fato muito comum, que é o de as pessoas esquecerem os documentos necessários ao dirigir um veículo e serem multadas. Com o documento digital, acredita-se que o número de multas por este motivo deva diminuir consideravelmente.

Saiba mais sobre as Leis de Trânsito e CNH