Após todo o processo de divulgação sobre a chegada da CNH Digital e o lançamento das primeiras demonstrações, a dúvida de como fazer a CNH Digital segue presente para a maior parte dos interessados neste avanço tecnológico.

A verdade é que, embora o procedimento seja bastante simples, é preciso observar se você cumpre os requisitos para adquiri-la imediatamente, ou se será necessário ajustar a sua documentação para ter acesso à versão.

Se você quer saber como fazer a CNH Digital, confira nosso artigo com as explicações, os requisitos e os procedimentos necessários para garantir que você possa aproveitar a novidade desde o início:

O que é a CNH Digital

Caso você ainda não esteja a par do assunto, a CNH Digital é a nova opção já divulgada e em fase de testes para ser utilizada de forma complementar à carteira nacional da habilitação tradicional, em sua versão impressa.

Como o próprio nome sugere, a iniciativa consistirá em um aplicativo para smartphones que contém todos os dados e caráter de validade para substituição da CNH. No aplicativo, todos os dados pertinentes, foto e demais características da CNH comum estarão disponíveis, o que permitirá que os condutores deixem sua Carteira de Habilitação impressa em casa, se estiverem com o celular.

A vantagem está na praticidade e na segurança, incluindo a possibilidade de agilização de abordagens policiais, uma vez que apenas os documentos regulares estarão disponíveis no app.

E como como fazer a CNH Digital?

As regras específicas sobre como fazer a como fazer a CNH Digital – também chamada de e-CNH – serão definidas de acordo com o Departamento de Trânsito de cada estado, da mesma forma que já acontece em relação ao documento impresso.

O requisito básico é possuir a nova Carteira Nacional de Habilitação, emitida desde maio de 2017. No novo documento, há um QR Code – que é o instrumento utilizado para configurar o aplicativo a partir da Carteira impressa. Quem ainda não possui o documento novo pode solicitar a substituição diretamente no DETRAN local, ou então pode esperar pelo vencimento da atual e emissão de uma nova, quando poderá utilizar a e-CNH.

O processo de “emissão” da versão digital terá duas possibilidades:

Para quem já possui ou quer criar um certificado digital válido para fins de utilização pública, bastará baixar o aplicativo e fazer a configuração inicial da versão digital do documento. Neste caso, o cadastro será feito diretamente do celular.

A outra opção é solicitar o documento digital diretamente no Detran local. Embora seja uma opção menos prática, permite que o condutor realize sua inscrição sem a necessidade de fazer um certificado digital, que é um serviço pago.

Haverá custo adicional para fazer a CNH Digital?

Essa é a questão que ainda está incerta em todo o processo de como fazer a CNH Digital. Com a possibilidade de configuração em casa através do certificado digital, há quem cogite que a e-CNH será gratuita, mas os comunicados oficiais do governo afirmam que cada DETRAN estadual poderá elaborar suas próprias regras para a emissão do documento.

Isso significada que cada estado brasileiro contará com uma regra própria quanto aos valores e pagamentos, a exemplo do que já acontece em relação à Carteira Nacional de Habilitação tradicional.